Mulheres assumem comando no Rio Branco pela primeira vez em 105 anos

O empoderamento feminino nunca esteve tão presente no Rio Branco. E as alvinegras Suzana Rosseto, 25 anos, e Renata Chagas, 24, são provas disso: elas são as primeiras mulheres a assumir o comando do Conselho Deliberativo do clube em 105 anos de história.

“Sempre busquei meu espaço por ter certeza que eu podia ajudar o Brancão. Me sinto fazendo história, mas ao mesmo tempo sei da responsabilidade do cargo que estou assumindo”, afirmou Suzana, que foi empossada como presidente do Conselho na eleição realizada na última segunda-feira.

Suzana já tem história no clube alvinegro. Em 2011, quando já frequentava as arquibancadas há três anos, ela ganhou um concurso e foi eleita musa do Rio Branco. A partir daí a relação com o clube só aumentou. De torcedora, passou a integrar o Conselho Deliberativo em 2015 – sendo a primeira conselheira do clube.

“Fui a primeira, mas hoje já somos quatro. Ainda é um número pequeno, tendo em vista a quantidade de homens, mas tudo faz parte de um processo e aos poucos nós vamos conquistando nosso espaço e mostrando que temos capacidade de estar onde estamos”, ressaltou a presidente.

Suzana Rosetto terá como vice-presidente Renata Chagas, que também é a primeira mulher a ocupar esse posto. Torcedora capa-preta desde os 10 anos de idade, por influência do pai, ela diz que agora se sente completa assumindo uma das funções mais importantes na estrutura do clube.

“Meu pai sempre me contava as histórias sobre o clube, então quando fui ao estádio pela primeira vez já me senti em casa. Meu amor pelo Rio Branco só foi aumentando”, contou Renata.

Mesmo alcançando o posto historicamente ocupado por homens, ela reconhece o preconceito sofrido pelas mulheres no meio esportivo ainda nos dias de hoje. “Assumir essa função mostra o quanto somos capazes e que entendemos de futebol. Nenhum preconceito é maior do que a vontade de crescer no meio futebolístico e a vontade de ajudar o clube”, disse.

Conselho

Empossadas pela chapa “O Gigante Voltou”, as duas sabem do importante trabalho que terão nos próximos três anos. “Queremos andar juntos dos outros conselhos e mais do que cobrar, nosso principal objetivo é trabalhar para o crescimento do clube, fazer acontecer”, afirmou Suzana.

Já Renata espera expor suas ideias, além de cobrar e ajudar a diretoria quando for necessário. “Vamos trabalhar da melhor forma para trazer visibilidade, organização e respeito ao Rio Branco”, concluiu.

Deixe uma resposta